Picture: Colourboxa alergia alimentar continua a ser uma das principais preocupações em matéria de segurança dos alimentos derivados de OGM (organismos geneticamente modificados). Antes da libertação de um OGM, os produtores devem ter em conta os riscos que o OGM representa para os indivíduos alérgicos aos alimentos, bem como o potencial para introduzir novos alergénios. A Comissão do Codex Alimentarius e a AESA recomendam procedimentos para avaliar as novas proteínas dos OGM para a potencial alergenicidade. Os procedimentos são projetados para rastrear novas proteínas que são susceptíveis de causar alergia. Até à data, nenhum alimento derivado de OGM causou novas alergias.

mais informação

As recomendações do Codex:

  • normas da FAO / OMS em matéria de alimentos. Codex. Princípios para a análise de risco de alimentos derivados da biotecnologia moderna. CAC / GL 44-2003.

recomendações da AESA (Autoridade Europeia para a segurança dos alimentos) :

  • Guidance document of the Scientific Panel on Genetically Modified Organisms for the risk assessment of genetically modified plants and derived food and feed, the EFSA Journal (2006) 99, 1-100.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.